Um passo para trás, de coração partido

Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida. – Pv 4.23

white-flagCansei. Dá mais não.

Provavelmente por ingenuidade minha, mas, quando comecei o blog pensei que por meio da exposição de ideias e pensamentos sobre a vida cristã seria possível travar diálogos legais e construtivos com irmãos e irmãs na fé. Mas, o que encontrei foi o extremo oposto. Ao trazer uma explanação, a resposta é uma enxurrada de opiniões, versículos jogados e muita, mas muita agressividade. Hoje, quando escrevo um texto, a primeira pergunta que me faço é: o quanto será que vou apanhar hoje? Se cheguei nesse ponto, sei que não estou mais escrevendo pelas razões corretas. Escrevo, leio, respondo, vejo outros blogs e é tanta coisa sendo dita para lá e para cá, um analfabetismo bíblico, uma miopia histórica e uma gritaria constante. Na falta de conteúdo, ganha-se no berro.

Francamente, cansei. Meu coração está doente. Não tenho mais vontade de escrever. Sei que isso também será visto por muitos como uma derrota, uma atitude covarde da minha parte. Mas por enquanto, preciso cuidar do meu coração. Não estou bem e de um coração doente não se consegue tirar um discurso saudável. Até cheguei a escrever um texto hoje sobre o Papa, mas quando vi tudo que meu pai teve de aguentar no perfil dele por ter dito muito menos, pensei novamente. Cheguei num ponto onde sinceramente me pergunto: pra quê serve escrever? Eu sei que há pessoas que lêem meus textos e são tocadas, pessoas cujos nomes e histórias sequer conheço. Talvez nunca conhecerei. Mas, por enquanto, preciso guardar o meu coração.

Nunca presenciei tanta briga quanto vi hoje nas redes sociais.  E isso está me fazendo um tremendo mal. Por isso, este será o último post do meu blog por tempo indeterminado. Quero voltar a produzir e somar ao Corpo de Cristo um dia, mas eu hoje preciso cuidar de mim. Peço perdão aos que seguem o blog, mas cheguei num ponto em que não dá mais. Conto com as suas orações.

Até a próxima, me despeço com as palavras dos Vencedores por Cristo…

A começar em mim, quebra corações,

pra que sejamos todos um como tu és em nós.

Onde há frieza, que haja amor. Onde há ódio, o perdão.

Para que o teu corpo cresça assim, rumo à perfeição.

Um abraço,

Andrew
Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.

Direitos Reservados
O conteúdo deste site é de divulgação livre para fins não comerciais. É mandatório quem for reproduzir um post creditar: 1) Nome do autor. 2) URL do blog (com link). 3) Nome do blog: “O Blog do Andrew”.

Anúncios

33 comentários sobre “Um passo para trás, de coração partido

  1. Olá Andrew.
    Já acompanho seu blog faz um bom, nunca havia comentado antes, mas não poderia me calar mediante a esse texto. Entendo que deve ser muito difícil ouvir diariamente críticas infundadas e sem um pingo de amor quando proferidas. Cada um sabe o seu limite, mas oro para que este “período indeterminado” não seja muito longo, pois seus textos edificam muito e nos encorajam a perseverar em nossa vida cristã e, você deve concordar, ainda são poucos os canais de acesso que temos a conteúdo genuinamente bíblico. Não é fácil pregar o evangelho verdadeiro em meio a uma época onde impera o evangelho das prosperidade, confissão positivista e coisas do tipo. Seu avô foi o mentor do meu pai, então entendo do que você está falando… Tomara que seja apenas uma pausa e que você volte a postar em breve 🙂

    Graça e paz

  2. Entendo a sua decisão. É triste saber que temos o direito de expressar nossas opiniões em redes sociais e ver que algumas pessoas não entendem e as vezes até nos desrespeitam por descordarem de uma colocação/opinião ou pensamento que são nossos. Ninguém tem a obrigação de aceita-los, mas sim de RESPEITAR! Até porque somos cristãos e devemos mostrar que somos diferentes. Me sinto triste, mas como já disse, entendo a sua decisão. Não é fácil escrever nossos pensamentos para milhares de pessoas que nem sempre tem o mesmo ponto de opinião. Que Deus o abençoe abundantemente!

  3. Volte logo irmão. Que o Deus acalme seu coração. É difícil ter opiniões bem fundamentadas numa terra onde a ignorância prevalece. Parece até que não vale a pena. Mas vai lá, irmão. Deixa o Deus cuidar de voce. Ele faz isso muito melhor do que nossas palavras. Aguardo seu retorno ansiosamente.

    A paz do SENHOR!

  4. Eu sinto muitíssimo por ler isso. Acompanho seu blog/facebook quase sempre e, mesmo que não concorde em 100% das coisas, sempre saí com, no mínimo, uma pulga atrás da orelha, uma sede por mais, ou uma vontade de estudar e me aprofundar nas coisas do Reino.

    Entendo e não condeno sua atitude, muito pelo contrário. Para dar de nós, é melhor que estejamos inteiros e sadios. E ao mesmo tempo que você nos edifica com suas palavras, se o retorno é, em sua maioria, de dor, não vale mesmo a pena.

    Ora bastante pra que Deus te dê a orientação certa, e te encha do Espírito dEle, para que não a minha (que gostaria que você continuasse rs), nem a sua, mas a vontade suprema seja feita na tua vida.

    Não deixa teu coração se ferir por homens. Todos nós erramos e tendemos a ser os donos da verdade, os cheios da razão. Pecamos por achar que conhecemos os planos e vontades do Senhor pras nossas vidas e pra vida dos outros. Acabamos por querer nos impor de qualquer maneira, sem pensar no que podemos causar aos outros. É triste mesmo.

    Que Deus console seu coração.

    Fica com Deus, Andrew.

    Um beijo

  5. Poxa, que legal isso! Acho natural que blogueiros depois de um tempo se acostumem com os milhares de debates e ofensas uns aos outros, mesmo que não tenha sido esta a intenção do texo exposto… mas legal ver ainda tanta sensiblidade da sua parte qt aos resultados e reações das pessoas diante das diferentes ideias! Aordem correta é esta mesmo: primeiro pessoas, depois, as coisas.
    E tb acho interessante pessoas com uma boa bagagem como vc também ter um tempo de silêncio diante do barulho. Que seja um tempo muito produtivo pra vc e q Deus continue te agraciando com as bênçãos do alto!
    P.S:assisti uma msg de Tedd Tripp muito enriquecedora com base no versículo de Pv que vc começou o texto. Não lembro o nome, mas não deve ser difícil pra vc achar…
    nEle,
    Mariana.

  6. Andrew! Leio a maioria de seus textos, e sempre sou muito edificada, embora nunca comente..sou uma leitora silenciosa, (assim como sou na vida, uma pessoa de não muitas palavras) e fiquei digamos triste com seu pronunciamento. Sei como é difícil ter que lidar com pessoas, por mais ‘cristãs’ que sejam, e sei também como é escrever com o coração machucado/partido. Já tive um blog, e dentre muitos motivos, parei de escrever principalmente por razões parecidas com as suas.
    Espero de todo coração que Deus esteja cuidando de seu coração, afinal, {dele depende sua vida}, e independente de voltares ou não a escrever em seu blog, a melhor escolha que fizeres será a que lhe dará paz ao teu coração!
    Um abração, e que Deus continue a te abençoar!
    Mirela Sartori

  7. Não fiz comentário em nenhum texto, mas fiquei inquieta depois que li as palavras acima, e aproveitando o ensejo vou deixar minha opinião.

    Eu sou umas das pessoas que foram tocadas ao ler os textos do blog. E pela graça de Deus pude ser encorajada –e também advertida- acerca de diversos pontos.

    Pode parecer mais um manifesto do tipo: Ah, por favor, não desiste não!
    Mas não é.

    Creio que essa pausa seja necessária, e espero que seja inspiradora.

    Como disse o sábio Salomão: “Cada coração conhece a sua própria amargura…”

    Obrigada por nos avisar sobre esse “breve intervalo”.

  8. Andrew, tens todo meu apoio. Adoro teus textos e eles me fazem refletir muito, porém, sei como você se sente, e pelo mesmo motivo eu também não compartilho mais abertamente o que eu penso sobre determinadas coisas. Parar de escrever pelo menos por um tempo vai te fazer um bem enorme, por mais que você ame fazer isso.

    Fica na paz do Pai!

    Abraço!

  9. Andrew, assim tu sofro por causa da opinião alheia. E meu coração tem sangrado por causa desse monte de estrume que é pregado por ai, e dizem que é a palavra de Deus. Não sou estudiosa da Palavra como gostaria de ser, mas desde de que moro aqui no RJ tenho encontrado um pouco de conforto nas palavras que tu escreve no blog. Espero que assim que tiveres com o coração sarado por tu voltes a escrever. Quero que tu saiba que Deus tem usado teus textos para falar diretamente ao meu coração. Se as pessoas são burras, e não as culpo, pois é o que tem se pregado nas igrejas. Sinto falta do RS da minha casa e esta difícil de achar um lar aqui e agora tenho certeza dos motivos e que não estou sozinha nessa dor. Um forte abraço! Que a graça de Deus seja contigo, e a paz que excede todo entendimento possa estar te fortalecendo para uma nova temporada. A PAZ do Senhor!

  10. Caro Amigo Andrew,

    Entendo plenamente sua situação, seu esgotamento. Vivi esta mesma situação há dois anos atrás no BereiaBlog. Chega um ponto que vc se pergunta: – Vale a pena? Será que textos jogados, numa imensidão que é a internet, repleta de pessoas razas espiritualmente e intelectualmente (sim, pq o publico da internet é muito diferente de qdo começamos a escrever) é o que realmente Deus espera de nós? Eu creio que não! Vc, como eu, tem a oportinudade, seja por capacidade ou pq talvez temos o privilégio de ser mais ouvido do que outros, de verdadeiramente impactar vidas. O seu trabalho frente a Anno Domini é um exemplo disso. Poucos gestores tem a capacidade que vc tem. Sem falar no seu pai, certamente o líder cristão que eu mais admiro atualmente. Quem fala de vcs é por pura ignorância.
    Não vou dizer para vc não ficar triste com esta situação, pq só quem produz material inédito sabe quantas horas se abdica de tempo precioso seu, do seu trabalha, da sua família, para servir pessoas que o melhor que tem a dizer é lhe chamar de herege. O Reino de Deus é maior que isso. Para finalizar, queria mencionar uma vinheta do Paul Washer que assistimos juntos na Conf Fiel em 2011, onde ele dizia o que pensava a respeito de blogues. Naquele momento nós dois discordamos dele, mas hj eu concordo plenamente plenamente com ele, que a maneira que Deus quer que sirvamos é em nossa igreja, olho no olho. Fiz isso, e hj sinto-me satisfeito em Deus, sentindo que assim estou glorificando-o de maneira verdadeira.

    Qualquer coisa, se quiser conversar mais, sabe onde me encontrar.

    Estou orando por vc e seu pai. Deus o abençoe.

    Fabio Marchiori

  11. Bom, acho que sou mais um dos seus leitores silenciosos…
    O fato de você ter a habilidade que tem ao escrever é dom de Deus e no mundo em que vivemos, em que muitos são fúteis, mesmo no meio dos cristãos,mostra que você foi vocacionado por Ele para trazer boas palavras. A agressividade de alguns comentários, desnecessária e motivada por orgulho pecaminoso, podem ferir seu coração, mas espero no mesmo que o vocacionou para renovar suas forças e trazer você de volta aos textos com mais vontade que nunca. E com certeza, muitos outras palavras de incentivo vão surgir aqui e você verá que há mais que os apoiam do que os que o criticam.
    Em Cristo,
    Camila

  12. Olá Andrew, é realmente uma pena que as coisas tenham chegado a esse ponto.
    tenho certeza que logo o Senhor restaurará as tuas forças e te mostrará como o seu trabalho é importante , como ele tocava as pessoas que diariamente necessitam do evangelho puro, vamos ficar aguardando o retorno
    Graça e Paz

  13. Publique, Andrew, publique.
    Quem tem vontade de escrever, escreve independe de ser ou não lido. Nem que seja pra si mesmo. Se for esse o caso, faça-nos o favor de publicar. Se 100000000 de pessoas criticarem e apenas uma for verdadeiramente abençoada através de suas palavras, basta.

    E quanto ao histerismo, esqueça. Deus é quem nos justifica.

    (…) por fim, embora tenha lido sua ojeriza a trechos soltos, ao lembrar de seu “coração partido” e não fazer a menor idéia de como se sente, lembrei de um trechinho de uma música que gosto bastante:

    “neste lugar que, só Tu, podes ver,
    e, então, provar se sou sincero ou não” (teu perdão, Grupo Logos)

  14. Andrew,
    Gosto muito de ler e principalmente de refletir em cima de bons textos. Faz pouco tempo que descobri o Blog e tenho que deixar aqui meus agradecimentos a voçê,( que Deus tem lhe usado para Sua honra e glória) por trazer tão bons conteúdos e profundos principalmente.
    O mundo é muito mau mesmo infelizmente, mas agradeço a Deus porque tem preservado algumas pessoas que ainda entendem sua palavra e a respeitam.
    Que você venha a encontrar consolo Nele e volte o mais breve possível.

    “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. ”
    Filipenses 4:7

    Karine,

  15. Ô Andrew.. Eu sou uma das que também nunca escreveram por aqui porque eu não sei escrever direito, mas diante disso queria te dizer que através de você Deus me edificou muiito! Seus textos me ajudaram a solidificar meu caráter segundo a vontade de Deus.. Te admiro demais! Não desista da gente tenho certeza que através de você Deus ainda vai nos edificar tremendamente. Vou orar por você todos os dias agora. Fica na paz !

  16. Olá Andrew!

    Leio regularmente seu blog e sempre compartilho entre meus amigos. Posso imaginar o que você sente por passar por isso também. Triste ver tanta briga mesmo. Acho que deve se afastar temporariamente sim, falar muito com o Pai, quieto no seu canto! Quando voltar, estaremos aqui assiduamente. Somos um corpo: quando um sofre, todos sofrem! Estaremos em oração! Fica na paz de Deus!

    Camila

  17. Olá Andrew, boa tarde!

    Acompanho seu blog regularmente e fiquei triste em saber da sua pausa. Vou sentir muita falta!
    Mas entendo o quanto é realmente muito difícil.
    Estarei orando para que sua pausa seja bem breve, pois seus post’s me edificam muito.
    E quando voltar com certeza estarei aqui.
    Um grande abraço. Fica com Deus!

  18. Andrew, quando fazemos a obra do Senhor, ela nunca é feita em meio a um pique-nique, a carreira cristã envolve certo dispêndio de sangue, suor e lágrimas! Talvez o tempo que vc dedicava ao blog o Senhor quer que vc dedique em outra tarefa, mas lembre-se; o mundo sempre irá odiar o verdadeiro servo (a) de Cristo, e infelizmente o “mundo” que João 15:19 se refere, tb está dentro da igreja. tenho sido muito criticada no meu blog, posso um dia não escrever mais… mas sei, que na carreira proposta pelo Mestre sempre haverá dores de parto! Jesus te dê graça nesta jornada, meu irmão.
    Um abraço!

  19. Andrew, acompanho seu blog a um bom tempo e alguns dos seus textos foram um relento para mim, muitas vezes me perguntei como ele pode ter escrito exatamente isso que estou sentindo. Mas compreendo que Deus usa seus servos no momento que lhe apraz e os usa de forma maravilhosa. Mesmo entendendo sua necessidade de parar de escrever por um momento, espero sinceramente que seja apenas por um breve período. Que Deus te abençoe!

  20. Triste por isso, mas depois da discurssão que também vi no facebook é compreensível.
    Estarei orando para que Deus renove suas forças e dê um novo ânimo ao seu coração. Fique em paz!

  21. Entendo-lhe perfeitamente Andrew. Sabemos que precisa desse tempo.
    Para sua meditação os versículos abaixo. Abração e se cuida mano!

    “Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus.
    Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem
    e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.
    Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma
    forma perseguiram os profetas que vieram antes de vocês.” (Mt 5.10-12, NVI).

  22. “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva `a vida, e poucos há que a encontrem.” (Mt. 7:13,14)
    Deus nunca nos disse que a caminhada seria fácil, que não enfrentaríamos perseguições…Jesus mesmo sofreu…e porque? por falar nada mais do que A PALAVRA DE DEUS, O VERDADEIRO EVANGELHO! Mas, ele promete estar conosco todos os dias, até a consumação dos séculos!
    Que Deus te renove nesse tempo, te revigore, e te dê mais textos para que cresçamos mais e mais em Deus. Paz!

  23. Eu gosto muito de ler seus posts que na minha opinião São edificantes para a glória do nosso Senhor Jesus,eu compreendo sua dor e orarei para que a paz e a força que vêm de Deus possam te envolver. Fique na paz do Senhor.

  24. Vim parar aqui por acaso, li alguns de seus textos e fui muito edificada. Mas entendo que queira se afastar, eu mesma depois de me envolver e me aborrecer em algumas polêmicas acabei por reduzir drasticamente o tempo na internet.
    Mas direi que foi reconfortante ler seus textos e ver que não sou a única a pensar dessa forma, pois concordei com muita coisa do que você disse. Deus te abençoe.

  25. Olá, Andrew!

    Acabei de chegar por aqui e entre alguns posts lidos hoje vi o desabafo que escreveu. Vc tem todo o direito a esse momento de acalmar o coração. Creio que as suas palavras aqui compartilhadas trazem ensino e crescimento espiritual àqueles que sabem aproveitá-las. Como sabemos, elas não vêm de vc, mas do alto. Tudo o que vivemos hoje é um momento em que as pessoas estão perdidas, sem leitura bíblica e reflexão coerentes.Creio que este blog tem sido um instrumento de Deus para alertar, orientar, ensinar e proporcionar um espaço de edificação espiritual (saudável)para muitos e tantos que por aqui passam. Desejo que Deus o abençoe e o levante; tudo no tempo certo. Em Cristo,
    Débora

  26. ” A tua vontade Senhor, não a minha!” Espero que seja da vontade do Rei da Glória que você volte a escrever.São textos edificantes e vejo a mão de Deus sobre eles, pelo menos é assim que me sinto ao lê-los. Volte logo, amigo! Deus o abençoe rica e abundantemente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s